OBJETIVOS

 

  • Apresentar e aperfeiçoar o conhecimento sobre as principais patologias geradoras de queixas estéticas, bem como as mais reconhecidas técnicas de tratamento;
  • Orientar a identificação de patologias e condições sistêmicas que possam manifestar-se tardia ou precocemente como queixas estéticas;
  • Promover e criar um ambiente propício para a produção de trabalhos de pesquisa e geração de conhecimento tecnológico na área de cosmiatria e procedimentos invasivos ambulatoriais com fins estéticos;
  • Capacitar médicos nas principais terapias clínicas e de cirurgia ambulatorial minimamente invasiva, focado na evolução científica e nas demandas profissionais.

 


 

 

JUSTIFICATIVA

 

A aparência assume hoje uma importância social ímpar na história. Acompanhando essa demanda aumentada, os procedimentos médicos com cunho estético vêm evoluindo a passos largos. Por outro lado, observa-se uma carência educação formal sobre o tema, não só a nível regional, mas também nacional. O Curso de Aperfeiçoamento/Pós-Graduação Lato Sensu em Cosmiatria e Procedimentos Estéticos Invasivos Ambulatoriais oferece uma opção acadêmica para o profissional com atuação em áreas onde as queixas estéticas são frequentes, tais como: dermatologia, cirurgia plástica, angiologia e afins.

É notório que o ser humano reage socialmente de forma diversa ao que lhe parece bonito ou feio. Assim, as relações interpessoais, em especial nos primeiros contatos, são em parte regidas pelas características físicas aparentes do indivíduo. Mesmo nas relações de trabalho, a “boa aparência” é frequentemente considerada. Os inesteticismos assumem, portanto, importância cada vez maior no bem-estar físico e mental, enquanto a disponibilidade de tempo para a recuperação de procedimentos cirúrgicos complexos diminui.

Nesse contexto, observa-se a cobrança progressiva por alternativas que atendam a busca pela reparação eficaz de deformidades ou de aspectos desagradáveis ao indivíduo, ao mesmo tempo sem a disponibilidade para o afastamento dos compromissos sociais e profissionais. Atendendo a esta demanda, a evolução das técnicas e o acúmulo de conhecimento médico na área avançam a passos largos.

Alheio ao exposto, embora algumas especialidades médicas tenham abraçado profissionalmente os procedimentos estéticas, tais como a dermatologia e a cirurgia plástica, ainda é carente o treinamento (em especial o prático) nas principais especializações e residências médicas no país. Resta a muitos médicos o aperfeiçoamento em cursos curtos e workshops que, apesar de importantes e válidos, carecem da linearidade e abrangência de uma especialização específica na área.

O Curso de Aperfeiçoamento/Pós-Graduação Lato Sensu em Cosmiatria e Procedimentos Estéticos Invasivos Ambulatoriais justifica-se, portanto, ao oferecer uma opção completa e objetiva de formação acadêmica na área, focada nas necessidades profissionais e mercadológicas.